#1

Desde o início desta pandemia em função do Covid19 muitas empresas se viram forçadas em adotar o regime de Home Office com seus colaboradores.

É fato que muitos são os desafios para empresas fazerem o remanejamento do seu pessoal, algumas deram férias para uns, redução de jornada para outros, até mesmo a dispensa da mão de obra qualificada. Sem mencionar o departamento financeiro que está fazendo cálculos atrás de cálculos para poder cumprir seus compromissos, renegociar financiamentos e de alguma forma se manter de pé até que esta pandemia termine.

Mas devemos exaltar os trabalhos das equipes de Tecnologia da Informação que estão sendo fortemente solicitados e que é essencial seu tempo de resposta neste momento de crise, onde houve um grande salto nas demandas de atendimentos e estão tendo que se esforçar para prover todos estes recursos tecnológicos.

5 fatores de Tecnologia da Informação que devem ser pensados com muita atenção ao disponibilizar em sua empresa o regime Home Office.


1. Definição da estratégia

O primeiro grande desafio é a comunicação com a direção geral da empresa, pois é preciso saber exatamente quais departamentos e quais os colaboradores que irão aderir o regime de Home Office. É extremamente importante que o responsável de TI participe da reunião de tomada de decisão, pois é ele quem irá saber responder questões tecnológicas embasadas nas Políticas de Segurança da Informação e como se dará o processo de liberação de acessos externos aos sistemas da empresa.

Dicas:
     • Procure ter esta relação em mãos o mais rápido possível.
     • Esteja constantemente alinhado com a direção da empresa.
     • Tenha o controle da utilização dos recursos disponibilizados.


2. Recursos de TI

É de responsabilidade do gestor de TI verificar quais recursos de TI serão disponibilizados aos colaboradores. Algumas empresas utilizam notebook, o que facilita o processo de deslocamento dos colaboradores, mas em sua maioria, são utilizados desktops (computador de mesa) o que dificulta a disponibilização do equipamento para o colaborador.

Por causa desta limitação, muitas empresas autorizam seus colaboradores utilizaram computadores particulares para acessar de suas casas os sistemas da empresa.

Esta é um ponto de muita atenção quanto a Segurança da Informação que iremos tratar com mais detalhes a seguir.

Dicas:
• Ao entregar um equipamento da empresa para o colaborador utilizar externamente, observe para o Termo de Utilização de Equipamentos de Informática, ele deve esta assinado e compreendido pelo colaborador.
• Faça uma lista dos quais programas será liberado para acesso externo correlacionado com quem irá utilizar.


3. Segurança da Informação

Para disponibilizar acesso externo para os colaboradores é imprescindível que a Segurança da Informação seja elevada ao máximo por alguns motivos, como podemos verificar:

• Abertura de portas de acesso externo ao ambiente interno da rede de dados da empresa.
• Uso da internet (rede hostil) como ponte de acesso entre a residência do colaborador e a empresa.
• Uso do computador particular do colaborador.
• Utilização de programas particulares e de trabalho.
• Antivírus ineficaz (desatualizado) ou inexistente no computador do colaborador.
• Falta de Patch de Atualizações Críticas de Segurança no Sistema Operacional.

Estes são alguns dos problemas que a equipe de TI pode enfrentar e que devem ser mitigados ou elevado a um nível de risco mínimo aceitável.

Dicas:
• Utilize um ótimo firewall de borda na empresa.
• Utilize conexão VPN (Virtual Private Network) para estabelecer um túnel de acesso externo seguro para os colaboradores
• Crie regras individuais de acesso para cada VPN dos colaboradores.
• Utilize duplo fator de autenticação para conexão VPN (Usuário/Senha e Certificado Digital).
• Inspecione o computador do colaborador, quanto ao antivírus se está instalado e atualizado.
• Inspecione o computador do colaborador, quanto as atualizações Críticas de Segurança do Sistema Operacional.
• Conscientize o colaborador das principais ameaças e riscos que podem ocorrer.
• Monitore, tenha ferramentas para gestão de acesso aos recursos da empresa.


4. Equipe de Suporte de TI

Todos os membros da equipe de TI devem estar alinhados com as determinações da direção da empresa, para isto, é importante que haja transparência nas informações e definições de trabalho.

Os analistas de TI devem seguir a Política de Segurança da Informação ao disponibilizar os acessos externos aos colaboradores.

Dicas:
• Equipe deve estar preparada para dar suporte remoto aos colaboradores com tempo de resposta rápida.
• Tenha mais de um canal de atendimento como:
     o Central de Helpdesk
     o Telefone fixo e móvel
     o WhatsApp (Grupo)
     o E-mail
• Equipe deve ter em mãos a lista dos colaboradores correlacionado com os recursos utilizados.

 

5. Comunicação e Objetivos

Com este novo cenário de trabalho é essencial manter a comunicação com sua equipe de TI e com os colaboradores, estabeleça uma rotina diária para isto, converse em grupo ou individualmente, entenda quais dificuldades ou desafios estão passando. Mostre atenção nos assuntos da equipe.

Coloque objetivos para sua equipe e monitore a motivação e esteja convicto que esta pandemia irá passar e que através de todos os esforços as empresas estarão de pé e pronta para a retomada de crescimento.

#SanviTIShare


Image placeholder

Fábio E. Q. Sant'Ana

CEO - SanviTI Tecnologia da Informação